Notícias

Marcelo Guimarães vence Dan Stittgen por pontos em sua estreia no UFC


    (11/07/12)  

Capixaba, campeão do Jungle Fight, mostrou nervosismo diante do americano, mas bateu o gringo na estreia

Começou com vitória a trajetória do capixaba Marcelo Guimarães no UFC, mostrando que o Espírito Santo realmente é pé-quente no octógono. Demonstrando certo nervosismo diante do americano Dan Stittgen, mas mantendo o controle da luta na grade, o Magrão venceu o rival por pontos no UFC on Fuel, no início da noite desta quarta-feira, 11, em San José, na Califórnia.

Marcelo chegou ao maior evento de MMA do planeta credenciado pelo título do Jungle Fight, no começo do ano passado, mas na categoria até 84 kg, e no UFC luta na categoria dos meio-médios, até 77 quilos. O capixaba vinha de 11 meses de inatividade e antes de entrar no MMA se livrou do mundo das drogas.

O capixaba venceu o primeiro round por 29 a 28, perdeu o segundo pela mesma contagem, mas venceu o terceiro round por 29 a 28, levando na decisão dividida dos juízes americanos. O resultado mantém Marcelo invicto no MMA, com oito vitórias e um empate em seu cartel.

A luta

O primeiro round da luta foi bastante equilibrado. Marcelo ensaiou uma trocação com Dan, mas logo tentou levar a luta para o chão. Não teve sucesso no primeiro momento, mas usou seu melhor jogo de grade para fazer uma pressão em cima do americano, tentando sempre a queda, que teimava em não vir. Assim, Marcelo acabava sofrendo com as marteladas do americano no primeiro round, que acabou com ambos colados a grade.

O segundo round começou da mesma forma. Mas logo nos primeiros 30 segundos, Marcelo levou um forte direto no rosto e chegou a balançar. O capixaba, porém, conseguiu se controlar e levou a luta novamente para a grade, tentando a queda para desestabilizar o americano. Dan conseguiu fugir da grade, e acertou outra boa sequência no capixaba, que insistia em levar a luta para o chão, sem sucesso.

O terceiro round começou todo com a luta em pé, e Marcelo apostando bastante em chutes baixos diante do americano. O capixaba não teve sucesso na empreitada, e mesmo com uma sequência boa no meio do terceiro round, viu o americano desferir mais golpes concretos. No fim da luta, no último sprint pela vitória, Marcelo urrava enquanto desferia golpes com Dan na grade. Deu certo, e ele levou na decisão dividida dos juízes, para as vaias dos americanos.